Sobre a Lince Produtos Solicite seu Orçamento Cálculos on-line Emergência Parcerias Assessoria Jurídica Links Diversos Notícias Serviços  












 


1- O que é tabela FIPE? Onde posso encontrá-la?
É uma tabela desenvolvida pela Fundação Instituto de Pesquisa Econômica, da Universidade de São Paulo, instituição independente, sem qualquer vínculo com o mercado segurador. Ela considera os preços do veículo em várias regiões e, também, diversas características, como estado de conservação, tipo de pintura e acessórios, para obtenção do preço médio publicado. Você pode encontrá-la em nosso site www.linceseguros.com.br ou www.fipe.com.br, é atualmente é publicada pelo jornal Valor Econômico todas as segundas feiras.

2- Financiei a compra do meu carro. Quanto recebo se o veículo tiver perda total antes de eu quitar a minha dívida?
Nesse caso, a Seguradora indeniza o valor referente à sua dívida para a instituição que financiou a compra (respeitados os limites da apólice). Depois, paga a diferença a você. Se o valor da indenização for de R$ 20 mil, mas você deve R$ 5 mil à financeira, você receberá apenas R$ 15 mil.

3- Meu seguro é cancelado depois que recebo a indenização por perda total?
Sim. A sua apólice é cancelada depois que a Seguradora paga a indenização por perda total por acidente, roubo ou furto. É por isso que, se você tiver parcelado o pagamento do seguro, a Seguradora solicita que sejam quitadas todas as parcelas restantes, descontando-as do pagamento da indenização. Para o seu veículo ficar novamente segurado, será necessário contratar uma nova apólice.

4- Optei por pagar o meu seguro em várias parcelas. O que acontece quando deixo de pagar?
A cobertura ficará suspensa e a vigência do seu seguro será reduzida, de acordo com a tabela disponível nas Condições Gerais de cada seguradora.

5- Se estiver participando de qualquer tipo de competição de velocidade, receberei a indenização caso me envolva num acidente?
Não. Perde-se o direito às indenizações das garantias contratadas em seguro se for comprovado que o acidente ocorreu quando o veículo estava participando de alguma competição, qualquer que seja ela.

6- Se for comprovado que eu estava alcoolizado quando ocorreu o acidente, terei direito à indenização?
Não. Perde-se o direito às indenizações das garantias contratadas em seguro se for comprovado que o motorista do veículo segurado estava dirigindo sob o efeito do álcool, de drogas ou mesmo se não estava regularmente habilitado.

7- Como funciona o bônus?
O bônus é um desconto pessoal e intransferível dado na renovação da apólice se não houver utilização das garantias contratadas Se o segurado mudar de companhia seguradora, levará o bônus acumulado

8- Caso eu venha a bater meu carro com o carro de um parente serei indenizado?
Não. As Condições Gerais do seu seguro prevêem que só é caracterizado terceiro a pessoa a quem, involuntariamente, o segurado cause prejuízo. Não se enquadram no conceito de terceiro: o motorista; o cônjuge ou companheira (o), filhos e seus cônjuges ou companheiros, sogros e seus cônjuges ou companheiros, cunhados, enteados e seus cônjuges ou companheiros, pais e seus cônjuges ou companheiros, irmãos e seus cônjuges ou companheiros, irmãos do cônjuge ou da(o) companheira (o) do segurado; as pessoas que residam ou dependam economicamente do segurado; os dirigentes do segurado pessoa jurídica; os dirigentes de pessoa jurídica do qual o segurado pessoa física for sócio ou acionista; os empregados e prepostos do segurado, quando a serviço dele; pessoas jurídicas, na figura dos sócios, proprietários e dirigentes com grau de parentesco com o segurado.

9- Contratando a Cobertura Compreensiva, estou coberto em caso de submersão do veículo em uma enchente?
Sim. A Cobertura Compreensiva garante o pagamento dos prejuízos decorrentes de danos causados ao veículo em caso de colisão, abalroamento, capotagem, queda em precipícios e de pontes, queda acidental sobre o veículo de qualquer objeto ou substância que dele não faça parte integrante e não esteja afixado; granizo, furacão ou terremoto, submersão total ou parcial, incêndio, explosão, raio e suas conseqüências, roubo ou furto, total ou parcial, respeitado o Limite Máximo de Indenização estipulado na apólice de seguro.

10- Preciso contratar a Cobertura de Danos a Terceiros?
Não há obrigatoriedade na contratação da Cobertura de Danos a Terceiros (RCF). Entretanto, é muito comum ocorrer acidente envolvendo terceiros, e é extremamente importante que o seu seguro garanta o pagamento de indenização por danos causados a estas pessoas (danos materiais e danos corporais e/ou morais).

11- A Cobertura de Danos a Terceiros inclui a Cobertura de Danos Morais?
Não. Você pode contratar cobertura de Danos Materiais e/ou Danos Corporais causados a terceiros, não incluindo a Cobertura de Danos Morais.

12- Qualquer objeto que esteja dentro do meu veículo estará coberto em caso de acidente?
Qualquer objeto que esteja fixado permanentemente ao veículo deverá ser informado no campo Equipamento, para que este esteja coberto em caso de acidente de trânsito, roubo ou furto total ou parcial do veículo. Aparelhos de CD, rádio, toca-fitas ou alto-falantes devem ser informados como Acessórios. Esses objetos devem constar na vistoria do veículo ou na nota fiscal do mesmo.

13- Se roubarem apenas o rádio do meu veículo, estou coberto?
Para que os aparelhos de som do seu veículo (rádio, CD, amplificadores, etc.) estejam cobertos em caso de furto parcial (furto somente do aparelho), deve ser contratada a Cobertura de Acessórios, informando o valor destes aparelhos nos campos específicos.

14- O meu veículo é blindado. Como posso informar?
Caso o seu veículo seja blindado (mesmo que seja de fábrica), você deve informar o valor da blindagem, separadamente do valor do veículo, no campo Blindagem. Isto é, você escolhe a forma de indenização do seu veículo, podendo ser Valor de Mercado Referenciado ou Valor Determinado, onde será considerado o veículo sem a blindagem, e, em seguida, você informa que o mesmo é blindado, destacando o valor da blindagem no campo Blindagem.

15- Possuo uma van para uso particular, mas também a utilizo como lotação durante a semana. Como devo informar?
Caso o seu veículo tenha usos diferentes, você deve informar o que utiliza a maior parte do tempo, no caso, lotação.

16- A Cobertura de Diárias de Paralisação pode ser contratada para qualquer veículo?
Não. Esta cobertura é exclusiva para veículos utilizados como táxi, guincho, transporte escolar ou transporte de carga (comum, mista ou explosiva).

17- Como funciona a franquia?
A franquia é sua participação em caso de sinistro de dano parcial ao veículo. O sinistro somente será informado à Seguradora se o valor dos prejuízos for superior ao valor da franquia.Em caso de sinistro em que for devida a indenização integral do veículo ou somente com Danos a Terceiros, não há franquia.

18- Fui responsável por uma colisão e danifiquei outro veículo. Existe alguma garantia que cubra o pagamento de indenização a terceiros?
Sim. A Responsabilidade Civil garante indenização a danos materiais ou corporais causados a terceiros pelo veículo segurado. O valor de indenização está condicionado ao Limite Máximo de Responsabilidade contratado para esta garantia e aos prejuízos causados.

19- Qual a finalidade da cobertura de RCF?
R. Indenizar os danos materiais e/ou corporais causados pelo veículo segurado a terceiros.